I-Danha Food Lab acontece em Idanha-a-Nova
Idanha-a-Nova
2017-10-29 12:57:51
Povo da Beira

O Município de Idanha-a-Nova, o Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento e a Building Global Innovators (BGI), aceleradora do ISCTE- IUL e MIT Portugal, vão organizar, de 10 a 12 de novembro, o i-Danha Food Lab, que decorrerá em Idanha-a-Nova, na Escola Superior de Gestão.

Este evento marcará o fim do programa de aceleração i-Danha Food Lab 2017, o primeiro acelerador alimentar da Península Ibérica, localizado em Idanha-a-Nova. Deste modo, acontecerá ao mesmo tempo o International Bootcamp do EIT Climate-KIC que trará a Portugal 63 Clean Tech startups.

Após a maior conferência de tecnologia (Web Summit), a decorrer em Portugal entre 6 a 9 de novembro, a BGI irá reunir neste evento investidores, empresas, startups, empresários, empreendedores e parceiros políticos.

O evento define-se pelo seu carácter pioneiro e diferenciado. Durante estes três dias, poderá assistir e participar em inúmeras sessões relacionadas com AgriTech, FoodTech e CleanTech.

Todos os participantes irão partir juntos de Lisboa, no dia 10 de novembro, numa viagem de comboio pela Linha da Beira Baixa, passando pelas florestas e montanhas que tão bem caracterizam estas localidades. A viagem de comboio será marcada pelo tema ‘Dream Green or Go Gome’, slogan da iniciativa. Nesta viagem poderá conhecer as 63 startups presentes e experimentar a gastronomia da região.

O dia 11 será um dia de sessões com especialistas, e já no dia 12 poderá visitar as tecnologias instaladas em Idanha-a-Nova pelas seis startups do Acelerador i-Danha Food Lab e voltar para Lisboa com a organização. Todas as viagens entre Lisboa e Idanha-a-Nova são garantidas pela organização de forma gratuita.

A iniciativa é promovida pelo Centro Municipal de Cultura e Desenvolvimento e cofinanciada pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional. 



Última edição