Agrupamentos de Escolas celebram Dia Internacional da Pessoa com Deficiência
Castelo Branco
2017-12-06 12:40:54
Lourenço Martins de Carvalho

Os Agrupamentos de Escolas do concelho de Castelo Branco realizaram uma festa esta quarta-feira, dia 6 de dezembro, no IPDJ, para comemorar o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, que se assinalou no passado domingo, dia 3 de dezembro.

O evento contou com vídeo inicial sobre a inclusão passando, de seguida, a pequenas intervenções dos convidados.

João Belém, presidente do Agrupamento de Escolas Amato Lusitano, esteve em representação dos Agrupamentos de Escolas do Concelho albicastrense e deixou o desejo de ver a “palavra inclusão passar do papel para a prática”.

O professor lembrou que a inclusão é uma questão de direitos e “um meio para garantir maior equidade”.

Lurdes Pombo, presidente da APPACDM de Castelo Branco, destacou o trabalho desenvolvido pela Associação nos últimos 44 anos e o facto da APPACDM já receber alunos – este ano entraram 48 – do ensino regular.

Gabriela Nunes, presidente da Associação Educar, Reabilitar, Incluir Diferenças (ERID), reforçou que neste campo o trabalho nunca está acabado, ressalvando as escolas como grandes parceiras e revelando alguma preocupação com o processo depois da escola, algo em que “há muito que trabalhar em Portugal”.

A presidente associativa afirmou que “a inclusão não acaba aos 18 anos” e apelou a para que estejam “todos mais unidos e trabalhem em conjunto”.

Claúdia Nunes, Vereadora da Câmara Municipal de Castelo Branco, mostrou-se muito contente pelo facto de se tratar de uma iniciativa do conjunto de Agrupamentos, o que mostra que “estão todos a lutar pelo mesmo”.

A Vereadora confessou que nesta área ainda há muito que fazer a nível social e político e mostrou-se satisfeita por ver que “as limitações não impedem que as pessoas sonhem”.

No final dos discursos, os alunos da APPACDM e da ERID realizaram uma atuação de teatro e dança, terminando a festa com atuações da Escola Silvina Candeias e do Conservatório de Castelo Branco.

​Pode ler a notícia completa na próxima edição do Povo da Beira, no dia 13 de dezembro.



Última edição