Interesse de empresários agrada ao Banco de Portugal
Idanha-a-Nova
2017-12-12 10:49:48
Povo da Beira

Empresários, alunos e professores do Master Executive em Gestão de Unidades de Turismo Rural participaram numa sessão de sensibilização, organizada pelo Centro Municipal de Cultural e Desenvolvimento, na ESGIN – Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova.

A iniciativa teve como objetivo sensibilizar para a internacionalização, conduzida pelo Núcleo Setorial, que revelou conteúdos extremamente relevantes para apoio à gestão e posicionamento das empresas de Turismo Rural, Hotelaria e Restauração.

Para os Especialistas do Banco de Portugal, este convite foi bem-vindo, porque a instituição pretende aproximar-se dos agentes, uma vez que, tem em sua posse muitos dados para partilhar e notas de informação estatística para os Empresários. A informação estatística partilhada tem por base informação contabilística e em 2006, Banco de Portugal, Ministério das Finanças e INE, iniciaram um projeto conjunto para informação empresarial simplificada. Desde 2010 que cerca de 400 mil empresas reportam a IES ao Banco de Portugal.

Há informação que os Empresários podem e devem explorar, tendo como referência mais de 180 indicadores económicos e financeiros, harmonização de conceitos, rácios, médias aparadas, entre muitas informações, bem como, despertar o interesse de aprofundar a relação com os contabilistas que muitas vezes é apenas pontual.

Armindo Jacinto, Presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova, destacou na partilha da mensagem que “é preciso fazer mais, é importante que os empresários estejam mais atentos às oportunidades, percebam o valor das empresas que possuem e aproveitem as ferramentas gratuitas que estão disponíveis. Estamos perante um momento único no que respeita ao turismo, todo o território está a crescer e é preciso que cada um à sua dimensão, faça a sua investigação, a classifique, a divulgue e valorize os seus produtos de maneira a captar mais investimento e turistas para a Região”.



Última edição