Arnaldo Brás: “Vamos manter a união e reforçar o espírito partidário”
Castelo Branco
2018-02-03 12:07:55
Patrícia Calado

Arnaldo Brás tomou posse, na sexta-feira ao final da tarde, como presidente da Comissão Política Concelhia do PS de Castelo Branco.

O socialista aproveitou a ocasião para apelar à consolidação da união entre militantes socialistas de formar a reforçar o “espírito partidário”.

“Estamos unidos, vamos manter a união e reforçar o espírito partidário, contribuir para que o PS prossiga com esta onda de vitórias que começou com Joaquim Morão”, disse o empossado, sublinhando o facto de nestas eleições ter havido apenas uma lista, ilustrando assim o espírito de união dos socialistas.

Arnaldo Brás recordou que há 26 anos foi eleito presidente da concelhia socialista, tendo feito dois mandatos, altura em que Joaquim Morão foi escolhido pelos albicastrenses para liderar a Câmara Municipal de Castelo Branco. Desde então, o PS consolidou-se e continuou à frente desta autarquia. E é assim que Arnaldo Brás deseja que continue.

“Luís Correia [presidente do município de Castelo Branco] pode contar com o apoio desta concelhia, que visa reforçar a área de governação. O PS inspira confiança, estabilidade e credibilidade”, sustentou o novo presidente da concelhia do PS de Castelo Branco.

Na cerimónia de tomada de posse da nova equipa desta concelhia, Joaquim Morão marcou presença, onde elogiou o trabalho de Arnaldo Brás ao longo dos anos, sendo uma “excelente escolha” para liderar a concelhia socialista.

“Arnaldo Brás é a pessoa certa para dirigir o PS de Castelo Branco. O PS precisão de unir as pessoas, com projetos políticos e ele vai desempenhar o papel para concretizar os objetivos. De seguida, vamos eleger Hortense Martins para a Distrital”, referiu o Comendador.

Para Joaquim Morão, a “marca do PS é muito forte”, pois não há listas que consigam vencer este partido, nomeadamente no que toca à Câmara Municipal de Castelo Branco.

“Temos de continuar com esta marca forte, conseguimos resistir para continuar a governar Castelo Branco, sempre ao lado que quem servimos: o povo. É esta marca que nos leva sempre às vitórias”, frisou o antigo presidente da autarquia albicastrense.

Este espírito de união de que tanto foi puxado para cima da mesa, foi igualmente frisado por Hortense Martins, presidente da Federação Distrital do PS de Castelo Branco, que acredita que este é o principal ingrediente para o sucesso.

“Fazemos jus à nossa história, limando as divergências e caminhando pela responsabilidade de servir as pessoas. Revemos nesse projeto político. O PS é o maior partido do distrito e continuará com esse caminho. Não vamos em populismos nem em demagogias”, salientou a deputada socialista.

O sucesso alcançado por Joaquim Morão está, de acordo com Hortense Martins, a ser continuado por Luís Correia, que vai já no segundo mandato na autarquia de Castelo Branco, tendo “muita obra para mostrar”.

Hortense Martins acredita que o PS continuará a ser “um partido forte e de grande liderança no distrito de Castelo Branco”.

Recorde-se que Arnaldo Brás sucede assim a Luís Correia na liderança da concelhia do PS de Castelo Branco.



Última edição