Oleiros vence derby da zona do Pinhal e manutenção é possível
Desporto
2018-04-15 11:42:55
Lourenço Martins de Carvalho

A ARC Oleiros recebeu e venceu (1x0) o Sertanense, no derby da zona do Pinhal, e vai disputar a última jornada da Série C com possibilidade de se manter no Campeonato de Portugal. Num encontro em que a turma da casa foi sempre superior, o resultado poderia até ser mais dilatado.

As duas equipas entraram em campo de forma muito diferente. O Oleiros tinha a pressão de ganhar para continuar a lutar pela manutenção. O Sertanense já tem o 4.º lugar garantido e encarou o encontro de forma muito mais descontraída que o adversário.

O primeiro sinal de perigo surgiu dos pés de Jackson. O avançado brasileiro foi lançado em profundidade e disparou forte, mas a bola passou ao lado da baliza de João Manuel.

O camisola 9 dos oleirenses continuava muito ativo na frente e, descaído para a direita, rematou rasteiro para as mãos do guardião da Sertã.

O conjunto de Natan Costa estava melhor no encontro, jogava mais no meio-campo adversário, mas não tinha muitas situações de finalização.

A turma da casa chegou mesmo à vantagem. Cruzamento na direita de André Lourenço e Diego apareceu no bico da área e encostou para o fundo das redes, não dando hipóteses a João Manuel.

O golo trazia alguma justiça à partida, uma vez que os jogadores de Oleiros estavam melhor e não permitiam que o adversário criasse jogo.

Após a vantagem dos caseiros, a partida manteve a mesma história. Um jogo com ritmo lento, com os oleirenses a ter mais posse de bola e o conjunto da Sertã a tentar impor o seu jogo de combinações.

As oportunidades de perigo, contudo, eram escassas e os dois guarda-redes tiveram uma primeira parte sem grandes problemas, principalmente o guardião da casa.

A melhor ocasião de golo para os forasteiros aconteceu mesmo junto ao minuto 45. Rafa, de meia distância, rematou forte, mas o esférico passou ligeiramente por cima da baliza de Júlio Neiva.

Os primeiros minutos da segunda metade tiveram mais ritmo e velocidade. Os pupilos da casa continuavam a pressionar alto, enquanto os visitantes aproveitavam todas as oportunidades para lançar ataques rápidos.

Ivan Fidalgo esteve muito perto de aumentar a vantagem. Jackson ganhou nas alturas, lançando o companheiro de equipa que disparou forte, mas à figura do guarda-redes, que agarrou sem problemas.

O conjunto oleirense estava ameaçar e voltou a ter uma excelente oportunidade. Livre batido na esquerda por Éder Diego e, no centro da área, Ronny ganhou nas alturas, mas João Manuel, uma vez mais, estava muito bem posicionado e resolveu a situação.

O guarda-redes do Sertanense estava inspirado e garantia que o adversário não aumentava o marcador. Ivan Fidalgo voltou a isolar-se, mas o guardião forasteiros saiu dos postes e evitou um golo que parecia certo.

Sérgio Gaminha ainda lançou Marco Grilo, Josemar e Landry no terreno de jogo, mas a equipa continuava sem conseguir criar situações de verdadeiro perigo.

Até ao apito final, o filme do jogo foi idêntico, com o conjunto da casa a controlar a vantagem e o Sertanense a tentar chegar pelo menos ao golo do empate. O resultado, contudo, não sei alterou mais e os três pontos ficaram mesmo em Oleiros.

A ARC Oleiros, com esta vitória, aumenta para os 39 pontos e vai partir para a última jornada fora da zona de despromoção. Na próxima jornada, os jogadores comandados por Natan Costa têm uma verdadeira final no terreno do Mortágua.

O Sertanense continua tranquilo na 4.ª posição, com 50 pontos, e, na última jornada da Série C, o conjunto da Sertã recebe o Fornos de Algodres.

FICHA DE JOGO

Estádio: Municipal de Oleiros

Árbitro: Leonardo Marques

ARC OLEIROS: Júlio, André Lourenço, Tiago Gomes, Ronny, Pedro Luís, Guilherme, Jimmy, Éder Diego, Diego (Leandro 81’), Ivan (Djô Djô 87’), Jackson (Adilson 70’)

Treinador: Natan Costa

Suplentes não utilizados: Luís Pedro, Liu, Rui Daniel, Gustavo

SERTANENSE: João Manuel, Mauro, Katlego, Darson, Tito Júnior, Djibril, Jean (Josemar 76’), Robson, Cleyton (Landry 76’), Rafa (Marco Grilo 66’), Ká

Treinador: Sérgio Gaminha

Suplentes não utilizados: Paulo Salgado, Enzo, Bata, Jorjinho

GOLOS: Diego (24’)

Disciplina: Darson (72’), Pedro Luís (80’)



Última edição