Município executou 92% do orçamento para 2017
Proença-a-Nova
2018-05-09 11:08:47
Povo da Beira

A Câmara de Proença-a-Nova executou 92,679 % da receita prevista no orçamento para 2017 e cifrou os prazos médios de pagamento a fornecedores nos 21 dias, mantendo-se em linha com o ano anterior, o que confirma a saúde financeira da autarquia.

A boa execução orçamental no ano passado, à semelhança do que tem vindo a acontecer nos anos anteriores, é a principal nota que sobressai no balanço final aprovado por maioria (com quatro abstenções) na sessão de 30 de abril da Assembleia Municipal.

O presidente da Câmara Municipal, João Lobo, fez um balanço dos resultados do ano de 2017, mostrando-se satisfeito com os resultados: “as taxas de execução quer no lado das receitas, quer do lado das despesas falam por si. Conseguimos diminuir o passivo e a capacidade de endividamento permite-nos estar tranquilos quanto a alguma vicissitude que possa vir a ocorrer e ter a capacidade para realizar investimento que seja imperativo para o desenvolvimento do concelho”.

As receitas totalizaram 12.390.819,34 euros, enquanto do lado da despesa o ano encerrou com cerca de 10.965.756,00 euros, correspondentes a 82,038 % do valor orçamentado.

Durante 2017 e à semelhança de anos anteriores, o município não utilizou a margem disponível para aumento da sua dívida total que era de 1.872.906 euros, tendo mesmo diminuído o valor da dívida em cerca de 182.956,00 euros, face ao mesmo período homólogo.

O Município não contraiu nenhum empréstimo em 2017, tendo conseguido amortizar a dívida bancária em 307.830,14 euros.



Última edição