Feira dos Sabores do Tejo animou Vila Velha de Ródão e mostrou os melhores produtos da Região
Vila Velha de Ródão
2018-06-27 12:11:14
Lourenço Martins de Carvalho

A Feira dos Sabores do Tejo realizou-se no passado fim-de-semana – dias 22, 23 e 24 de junho – em Vila Velha de Ródão. O certame contou com diversas barraquinhas e atividades, tendo ainda atuação de três conhecidos artistas musicais – Agir, Anselmo Ralph e Virgul.

A inauguração da Feira decorreu na sexta-feira, dia 22 de junho, ao final da tarde. A cerimónia contou com a presença de vários membros de autarquias vizinhas e presidentes de Juntas de Freguesia.

Luís Pereira, presidente da Câmara Municipal de Vila Velha de Ródão, começou por elogiar o espaço da Feira.

“Obrigado por estarem aqui connosco neste espaço fantástico, virado para as Portas de Ródão e para o rio Tejo (…) Vila Velha de Ródão há muito que foi descoberto pelo Homem e tem uma grande riqueza patrimonial e uma grande riqueza histórica”, afirmou.

O líder da autarquia explicou que o objetivo é tratar Vila Velha de Ródão atractivo para fixação de jovens.

“Queremos tornar este território atrativo para todos aqueles que queiram fixar-se em Vila Velha de Ródão. Tem sido essa a estratégia que temos seguido ao longo dos últimos anos – atrair investimento, atrair pessoas – e temos tido, felizmente muito sucesso. Isso tem marcado a diferença, não só para Vila Velha de Ródão, mas também para a população”, salientou.

Luís Pereira lembrou que a Vila “teve investimentos significativos nos últimos anos”, agradecendo “a todos os empresários que acreditaram em Vila Velha de Ródão e estabeleceram aqui uma relação de confiança, criando riqueza e emprego para toda a Região”.

O líder da autarquia abordou igualmente o setor do turismo, destacando “a oferta de grande qualidade existente no concelho”.

“Além da Herdade da Urgeira, temos outro projeto a dar os primeiros passos, com a venda, por parte da Câmara Municipal, da Estalagem de Ródão. Este projeto vai aumentar a capacidade hoteleira em Vila Velha de Ródão”, disse.

A Secretária de Estado do Turismo também esteve presente na inauguração e destacou a capacidade de Portugal para virar a situação económica, sublinhando também o papel do turismo.

“Temos de ter orgulho em Portugal. Somos vistos no estrangeiro como um exemplo e um «study case». O turismo tem sido essencial para a viragem económica que o país está atravessar”, reforçou.

Ana Mendes Godinho explicou que o turismo já não se situa apenas no Litoral, estando a “espalhar-se pelo Interior, de formar a mostrar o território e os produtos”.

O membro do Governo deixou ainda elogios à Feira dos Sabores do Tejo. “Vila Velha de Ródão é um espaço para mostrar o que de melhor Portugal tem – desde o azeite até ao mel”.

No final dos discursos, Luís Pereira e a Secretária de Estado do Turismo fizeram uma visita pela Feira, cumprimentado todos os produtores presentes.

O destaque para a ideia base do evento foi “Sentir o Rio e Viver a Terra”, que procurou na diversidade de atividades a sua chave para o sucesso. Estiveram em destaque múltiplas atividades, serviços, produtos e vivências relacionadas com o Tejo, aliando à divulgação da região uma programação diversificada. Assim, para além dos espetáculos musicais, durante os três dias do certame decorreram diversas atividades, como a animação infantil, as mostras gastronómicas ou os workshops.

O certame contou com eventos como o Baile dos Candeeiros, o Workshop com o Pasteleiro Marco Costa e o espetáculo de humor de Eduardo Madeira.

O Seminário Mesa à Rodão, evento Beira Baixa Terras de Excelência e para a apresentação dos vencedores do concurso “Portas de Ródão - O Melhor Doce”, foi outra das novidades da edição deste ano. Os Borrachinhos, da autoria do Chef Cristiano Louro, foi o Doce vencedor do referido concurso de Sabores Regionais. Esta iniciativa, promovida pelo Município de Vila Velha de Ródão no âmbito do Projeto “Terras de Excelência” procurou valorizar e promover a Doçaria Tradicional Regional, através da criação original de um doce confecionado com base nos produtos endógenos.



Última edição