“Férias com Bússola” contou mais uma edição
Sertã
2018-07-21 11:07:31
Povo da Beira

Nas férias de verão, à semelhança do que sucede nas várias interrupções letivas, realizou-se mais uma edição das “Férias com Bússola”. Integrada no Projeto Bússola desde a sua génese, a iniciativa abrangeu diversos alunos acompanhados por este projeto ao longo do ano letivo 2017/2018.

O Projeto Bússola tem como objetivos gerais fomentar o espírito de equipa e a consciência de grupo, promover a consciencialização para os valores da cidadania, promover o contacto com realidades e contextos sociais diversos e promover o autoconhecimento das competências pessoais e sociais de alunos e famílias, assim como apoiar os alunos no âmbito das aprendizagens formais, nomeadamente académicas.

Como parte integrante do Projeto, a atividade “Férias com Bússola” promove, em contexto informal, a autonomia dos alunos na gestão do seu dia-a-dia, nos seus vários aspetos, de forma positiva, saudável e responsável e procura transmitir a mensagem de que estes aspetos podem ser aliados naturais do divertimento e aproveitamento escolar.

Assim, nos dias 2, 3 e 4 de Julho técnicos do Município da Sertã e docentes do Agrupamento de Escolas desenvolveram várias atividades com os alunos envolvidos, como forma de promover aprendizagens pessoais como o espírito de entreajuda, respeito mútuo, capacidade de minimizar e ultrapassar medos e ansiedades.

A viagem à Ilha das Berlengas, após a experiência de viajar de barco em mar aberto, proporcionou a cada aluno, individualmente e em grupo, o contacto com uma natureza díspar daquela com a qual estão familiarizados, que constitui Património da Humanidade e Reserva Natural da Biosfera.

O Projeto Bússola é um projeto de prevenção e intervenção em contexto escolar, que integra a Equipa de Prevenção do Abandono e Insucesso Escolares (EPAIE) do Agrupamento de Escolas da Sertã. Assenta em três vetores centrais: Aluno/Família, Comunidade e Escola.

“Num projeto de prevenção e intervenção cujo público-alvo são os alunos, o futuro do nosso país, é importante estabelecer parcerias formais e informais com a Comunidade e, deste modo, potenciar recursos e sinergias. Por outro lado, é importantíssimo que os alunos tenham consciência de que a aquisição e desenvolvimento de competências pessoais e sociais como o relacionamento com o outro, a empatia e a responsabilidade social são indispensáveis para a sua formação integral, mas também constituem ferramentas para a sua vida pessoal, social e profissional”, referiu José Farinha Nunes, Presidente da Câmara Municipal da Sertã.



Última edição