João Ruivo é o novo Diretor Pedagógico da ETEPA
Educação
2018-09-05 12:15:56
Povo da Beira

João Ruivo é o novo Diretor Pedagógico da ETEPA – Escola Tecnológica e Profissional Albicastrense. A apresentação decorreu na segunda-feira, dia 3, nas instalações da ACICB – Associação Comercial e Empresarial da Beira Baixa.

Enquanto presidente da Direção da entidade proprietária da ETEPA, Sérgio Bento começou por referir que este projeto é “uma excelente aposta dado que a ETEPA é, atualmente, uma Escola Profissional de referência, não só na cidade de Castelo Branco, mas também em toda a região e, de certa forma, além-fronteiras acolhendo alunos provenientes de vários países de Língua Portuguesa”.

Sérgio Bento prosseguiu afirmando que “com o início do ano letivo 2018/2019 chegamos também ao início de um novo ciclo na Direção da Escola. O cargo de Diretor Pedagógico da ETEPA – Escola Tecnológica e Profissional Albicastrense será, a partir deste ano letivo, assumido pelo João Ruivo, o qual entendemos ser a pessoa indicada para conduzir a escola a um novo patamar, mais próximo das atuais necessidades dos mundos académico e profissional”.

De acordo com o dirigente, “não só pelo currículo que aqui resumi muito sucintamente, mas também pelas marcas do trabalho que tem deixado, acreditamos que o João Ruivo é a pessoa indicada para, conjuntamente com o corpo docente e com os restantes colaboradores da ETEPA, levar esta escola por novos rumos, sempre contando com o apoio e disponibilidade da ACICB”.

De olhos postos no futuro, Sérgio Bento acrescentou que “a ETEPA reúne todos os requisitos necessários para ampliar o seu trabalho pelo que contamos que nos próximos anos venha a ter o impulso esperado no sentido de se aproximar das exigências que atualmente pautam a vida profissional e académica de ensino superior”.

Nesta apresentação, o novo diretor confidenciou que “um dos motivos pessoais que me levou a aceitar este convite é que eu sempre acreditei no ensino profissional. O ensino normalizado, não é um tipo de ensino que sirva a toda a gente porque as aprendizagens são diferenciadas e nós temos de dar vias alternativas a quem tem diferentes tipos de inteligência, a quem tem diferentes tipos de saber estar e saber fazer”.

João Ruivo referiu ainda que “a escola deve ter um plano estratégico muito bem definido para os próximos anos, ainda que o futuro seja muito incerto”.

“É preciso ter uma sensibilidade muito grande para perceber quais é que são as atividades que indiscutivelmente vão ser atividades de eleição na próxima década”, indicou acrescentando que “as mudanças nas escolas são lentas, mas espero que não seja essa a situação porque os desafios são grandes”.

A ETEPA – Escola Tecnológica e Profissional Albicastrense irá arrancar o ano letivo 2018/2019 com um total de 141 alunos distribuídos por dez turmas de Cursos Profissionais e duas turmas de Cursos de Educação e Formação.



Última edição