Câmara Municipal combate insucesso escolar com criação de equipa
Castelo Branco
2018-09-14 11:46:48
Povo da Beira

A autarquia de Castelo Branco deu as boas vindas a cerca de 200 docentes do Pré-Escolar e 1.º Ciclo do Ensino Básico, numa cerimónia que se realizou no Cine-Teatro Avenida, em Castelo Branco.

O ensino continua a ser um setor fundamental e prioritário para a Câmara Municipal. “Cada início de ano letivo é um novo desafio”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, Luís Correia, no evento.

Este ano, a autarquia constituiu uma equipa que vai implementar no terreno o projeto de “Combate ao Insucesso Escolar”.
 

"A equipa passa a integrar duas professoras, uma psicóloga e um animador cultural, julgamos estarem reunidas condições para que o projeto possa ter os melhores resultados nesta ação como em todas as outras contempladas na candidatura aprovada" explicou o autarca.
 

Esta equipa trabalhará também na integração de crianças e jovens que vivem em comunidades desfavorecidas.
 

"É um trabalho que estamos agora a iniciar e no qual vamos apostar de forma aprofundada" assegurou Luís Correia, afirmando que a Câmara Municipal considera fundamentais as ações de integração que possa vir a desenvolver.
 

Tal como em anos anteriores, a autarquia continuará a apoiar os alunos de famílias mais carenciadas. "Este ano letivo, por iniciativa própria, a Câmara Municipal apoiará 600 alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico, dos Escalões A e B, com a disponibilização gratuita das Fichas de Trabalho e Cadernos de Exercícios" adiantou o autarca.
 

No 1º Ciclo, a Autarquia comparticipará a 100% as refeições de 280 alunos e a 50% as refeições de 301 alunos. Relativamente ao Ensino Pré-Escolar, os números ainda não estão apurados, "mas serão igualmente muito representativos" assegura o autarca.
 

No que respeita aos transportes escolares, ao nível da Escolaridade Obrigatória a Câmara Municipal assegura o pagamento a 100% do custo do passe de 220 alunos, enquanto no Ensino Secundário garante o pagamento de 50% desse custo a 130 alunos.

Ainda no Ensino Secundário, a Câmara Municipal está a avaliar os pedidos feitos e Luís Correia adianta que autarquia "já decidiu assegurar o custo do passe na sua totalidade a mais de uma dúzia de alunos".
 

Paralelamente, a autarquia vai continuar a investir em atividades consideradas fundamentais, como a promoção e sensibilização para o empreendedorismo de crianças e jovens, logo a partir do 4º ano de escolaridade, e a exemplo do que aconteceu no passado ano letivo, vaivoltar a realizar o concurso O meu canal é o tal, tal como o Bootcamp, as atividades CoolWorking ou o Motiva-te.

Na sua intervenção, o autarca lembrou que o investimento da Câmara Municipal em Educação é permanente e muito significativo, destacando algumas melhorias realizadas em alguns estabelecimentos, como a obra de recuperação e beneficiação alargada realizada no Jardim de Infância da Boa Esperança, que representa um investimento aproximado de 40 mil euros. 

As obras, já realizadas e a realizar na Escola do Ensino Básico do 1º Ciclo da Granja, ascendem já os 100 mil euros.

Em curso estão também "intervenções consideráveis" no Jardim de Infância das Violetas, na Escola do 1º Ciclo de S. Tiago e, ainda, nas escolas do 1º Ciclo de Alcains, da Lardosa e das Sarzedas.



Última edição