Executivo aprova Orçamento para 2019
Vila de Rei
2018-10-27 10:46:59
Povo da Beira

O executivo camarário de Vila de Rei aprovou, por maioria, na reunião ordinária realizada a 19 de outubro, o Orçamento do Município para o ano de 2019, com um aumento de verbas na ordem dos 13,2% em relação ao ano anterior.

 O orçamento para 2019, que será algo alvo de apreciação por parte da Assembleia Municipal, é de 8.280.000€ (oito milhões, duzentos e oitenta mil euros), que se traduz num considerável aumento face aos 7.190.000€ (sete milhões, cento e noventa mil euros) do ano de 2018.

Com um diversificado leque de obras/aquisições previstas para o ano de 2019, destacam-se as apostas nas vertentes da Proteção Civil (apoio a Bombeiros Voluntários e Sapadores Florestais; aquisição de equipamentos para a defesa da floresta), Educação (aquisição de viaturas para transporte escolar; aquisição de manuais escolares para todos os alunos do Agrupamento de Escolas), Habitação e outros edifícios (reabilitação do antigo edifício dos Correios, incluindo projeto), Saneamento (reabilitação das ETARs de São João do Peso, Milreu e Carrascal; reabilitação da rede de saneamento, água e ETAR da Fundada) Proteção do Meio Ambiente e Conservação da Natureza (construção do Parque Urbano da Vila – incluindo projeto; ações de reflorestação com plantação de medronheiros, castanheiros, carvalhos e outras árvores autóctones), Desporto, Recreio e Lazer (Passadiços do Penedo Furado; beneficiação do Polidesportivo de Vila de Rei – candidatura), Indústria e Energia (infraestruturas urbanísticas da Zona Industrial do Souto – 2ª fase) e Turismo (Parque Turístico de Lazer de Fernandaires; beneficiação das Praias Fluviais e zonas balneares).

A execução de algumas das obras e aquisições previstas está dependente do financiamento proveniente de candidaturas a fundos comunitários ou estatais, sendo que a sua concretização estará dependente da operacionalidade dos diversos programas de financiamento.

O Presidente do Município de Vila de Rei, Ricardo Aires, realça que “este orçamento volta a demonstrar que a nossa aposta na promoção do bem-estar e da qualidade de vida dos Vilarregenses é bem real e que está para continuar. Queremos criar as condições para que as pessoas se possam fixar no concelho e, com esse intuito, voltamos a apresentar um orçamento com forte incidência nas áreas Social, Económica e da Educação. A aposta passa igualmente por criar todas as condições possíveis para que possamos atrair novas empresas e criar novos postos de trabalho, com a beneficiação da Zona Industrial do Souto”.



Última edição