Junta de Freguesia do Ladoeiro recorda combatentes da Grande Guerra
Idanha-a-Nova
2019-01-04 11:32:26
Povo da Beira

“Os Ladoeirenses na Grande Guerra”, da autoria de António Silveira, é o título do livro que a Junta de Freguesia do Ladoeiro lançou no dia 30 de dezembro, em homenagem a todos os homens da freguesia que combateram em defesa da pátria.

O livro integra-se nas comemorações do centenário do armistício e tem como principal objetivo distinguir os 26 homens do Ladoeiro que combateram na primeira guerra mundial como referiu o presidente da Junta de Freguesia, Gonçalo Costa.

O autarca fez questão de salientar também a aposta que a Junta de Freguesia tem feito na área da cultura através do lançamento, todos os anos, de uma nova publicação.

Idalina Costa, vice-presidente da Câmara Municipal de Idanha-a-Nova,  aproveitou para reforçar o empenho do Município neste tipo de iniciativas que muito dignificam as “nossas terras e as nossas gentes”.

Manuel Veloso e José Boieiro, ambos do Núcleo de Castelo Branco da Liga dos Combatentes fizeram questão de destacar a obra inédita em Portugal e de recordar alguns dos principais traços históricos da I Guerra Mundial.

A obra é fruto de um trabalho de investigação de António Silveira que pretendeu reconstituir a vida social, familiar e militar destes homens, publicando-se, entre outros documentos, registos de nascimento e casamento, boletins individuais do Corpo Expedicionário Português e as árvores genealógicas de todos os combatentes.

Para dar um colorido diferente à publicação o livro contém inúmeras fotos alusivas a cada um dos homenageados, desde momentos no serviço militar, momentos com a família, passando mesmo pelas recordações das casas onde habitavam.

Um trabalho que, como o autor fez questão de salientar, resultou de anos de investigação em instituições diversas do concelho e do país.

A cerimónia teve lugar na sala de sessões da edilidade que foi pequena para acolher as dezenas de populares que ali se deslocaram.



Última edição