Boa Esperança perde no primeiro encontro do ano
Desporto
2019-01-10 04:18:06
Povo da Beira

A Boa Esperança começou o ano com uma derrota caseira (5x7) com o Covão Lobo. Num encontro muito disputado e com uma várias variações no resultado, os visitantes chegaram aos últimos minutos com melhor frescura física, o que fez a diferença.

Telmo Roque lançou no cinco inicial Filipe Brito, Rui Pedro, Bruno Serôdio, Tiaguito e Fábio Mota. O Covão Lobo começou com Dani, Luciano, Fábio Lopes, Marcelo M. e Miguel.

Os visitantes foram os primeiros a adiantar-se no marcador. Numa jogada de contra-ataque, conduzida por Fábio Lopes, Miguel serviu, ao segundo poste, Marcelo M. que só teve de encostar para a baliza.

Os albicastrenses souberam reagir ao golo madrugador e chegaram à igualdade. Remate forte de Emanuel Reixa, que só parou no fundo das redes. Dá a ideia que Dani não vê a bola partir e reage tarde.

Após um golo para cada equipa, o jogo entrou numa fase frenética. Numa toada de parada e resposta, registaram-se quatro golos em menos de um minuto.

O primeiro foi para a equipa da casa. Fábio Mota recuperou a bola ao último jogador, correu sem oposição e, na cara do guarda-redes, finalizou com classe.

Na resposta, Hugo marcou e voltou a empatar o encontro. Os locais voltam adiantar-se no marcador, 20 segundos depois. Rui Pedro apareceu sozinho no segundo poste e rematou cruzado para o terceiro golo da sua equipa.

A bola foi ao meio-campo, novo golo e novo empate, desta feita a três bolas. Miguel serviu André S. que, na boca da baliza, só encostou para a igualdade.

Grande partida no Pavilhão da Boa Esperança. Ao intervalo, o placard mostrava um empate a três golos.

No primeiro minuto da segunda parte, o conjunto de Castelo Branco voltou à vantagem. Fábio Mota ganhou na direita, ofereceu a Bruno Serôdio, que não desperdiçou.

O Covão Lobo manteve-se sempre na luta e, após um bom trabalho individual de Fábio Lopes, Rafa rematou de primeira, não dando hipóteses a Filipe Brito.

A partida estava muito equilibrada e os pupilos de Telmo Roque conseguiram chegar à liderança novamente. Fábio Mota voltou a recuperar uma bola em zona adiantada, deu em Emanuel Reixa que, com um remate cruzado, fez o quinto tento da Boa Esperança.

Nesta fase do encontro e ainda com onze minutos para disputar, os jogadores da casa tiveram uma quebra física, que fez a diferença no resultado final.

Os visitantes chegam a nova igualdade, com um remate de Fábio Lopes, em que Filipe Brito fica mal na fotografia.

A três minutos do final, o Covão Lobo chega à vantagem – a última vez que tinha estado na frente do marcador tinha sido no início do jogo. Fábio Lopes recebeu no meio, rodopiou e atirou rasteiro para a baliza.

Os albicastrenses, em desvantagem, apostaram no 5x4, mas não foram felizes. Luciano recuperou o esférico e rematou para uma baliza aberta, fazendo o resultado final.

A Boa Esperança somou a segunda derrota consecutiva e desceu para o 5.º lugar, com 21 pontos. Os “laranjas” de Castelo Branco, na próxima jornada, defrontam o Alhadense.



Última edição