“Maratona de Leitura – 24 Horas a Ler” recebe menção honrosa
Sertã
2019-01-12 11:08:33
Povo da Beira

A Maratona de Leitura – 24 Horas a Ler conquistou uma menção honrosa na quarta edição do prémio Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais, promovido pela Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB).

O evento, organizado anualmente pela Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, na Sertã, conta já com sete edições.

A DGLAB justificou a menção honrosa à Maratona de Leitura por se tratar de um “evento diferenciador”, que “motiva a população para a leitura, através do desafio da leitura em voz alta”, ao mesmo tempo que promove “a valorização socioeconómica da região, facilitando o acesso a diferentes formas de expressão cultural”.

Para José Farinha Nunes, presidente da Câmara Municipal da Sertã, “esta menção honrosa vem confirmar o sucesso da aposta na Cultura, através da Maratona de Leitura, reconhecendo e consolidando todo o trabalho efetuado em cada uma das sete edições”.

O autarca chamou ainda a atenção para o facto de a Maratona de Leitura ser “um evento de características únicas, não só pela leitura durante 24 horas, mas também pela forma como decorrem as atividades paralelas. A originalidade da iniciativa provoca interesse da parte do público, que tem vindo a aumentar significativamente de ano para ano”.

Refira-se que só, em 2017, a Maratona de Leitura registou mais de 2500 participações nas cerca de 40 atividades que decorreram a longo das 24 horas do dia 7 de julho.

Na quarta edição do prémio Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais foram atribuídas mais três menções honrosas a projetos de bibliotecas municipais de Beja, Braga e Lisboa, tendo o júri optado por não entregar o prémio principal.

O Prémio Boas Práticas em Bibliotecas Públicas Municipais foi instituído pela DGLAB em 2014 e tem como objetivo “premiar anualmente serviços ou projetos inovadores e de grande impacto na comunidade, desenvolvidos por bibliotecas públicas municipais portuguesas, e que contribuam também para uma melhor e mais eficiente gestão dos recursos disponíveis e que ultrapassem a atividade regular das bibliotecas”.



Última edição