GNR apreende 36 animais exóticos em Castelo Branco
Castelo Branco
2019-02-06 11:22:40
Povo da Beira

A GNR apreendeu 36 animais exóticos no concelho de Castelo Branco, durante uma ação de fiscalização a uma exploração pecuária e identificou uma mulher de 56 anos.

Em comunicado, o Comando Territorial de Castelo Branco da GNR explica que a apreensão dos 36 animais exóticos decorreu na quarta-feira, 30 de janeiro, através do Núcleo de Proteção Ambiental.

“Numa ação de fiscalização a uma exploração pecuária, foram detetados diversos animais em situação irregular, alguns cuja sua detenção é proibida na União Europeia e outros que carecem de autorização no âmbito da legislação CITES - Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameaçadas de Extinção”, lê-se na nota.

Durante a operação, que contou com o apoio da Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) e do Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), foram apreendidos 12 guaxinis, seis juparás, cinco tartarugas de pé vermelho, três ursos gato asiáticos, três quati, duas doninhas fedorentas, dois porcos espinho de crista africano, um musang, uma serpente rei da Califórnia e um sapo boi.

Os militares identificaram ainda uma mulher de 56 anos, por não possuir qualquer documentação legal associada aos espécimes e elaboraram o respetivo auto de notícia por contraordenação.



Última edição