Albicastrenses vencem mas estão fora da luta pelos lugares de playf-off
Desporto
2019-05-09 11:02:30
Povo da Beira

O Benfica e Castelo Branco recebeu e venceu (2x0) o Santa Iria, mas ficou, matematicamente, fora da luta pelos lugares que dão acesso ao play-off de subida, devido ao triunfo do Vilafranquense. Um golo em cada parte foi o suficiente para garantir os três pontos.

Durante a primeira parte, os locais estiveram melhor na partida e criaram algumas boas situações de finalização – principalmente por João Vasco e Abdel – mas a falta de eficácia ou a inspiração do guarda-redes contrário iam adiando o golo.

A vantagem, no entanto, surgiu no final da primeira parte. Após um lance ofensivo, a bola sobrou para Abdel, que encheu o pé, e atirou forte para o fundo da baliza.

O Santa Iria, nos primeiros 45 minutos, não dispôs de grande ocasiões de perigo e as poucas que criou, a defensiva contrária soube sempre resolver.

Na segunda metade, os albicastrenses, que se encontravam em vantagem, optaram por gerir o resultado, não permitindo muitos ataques perigosos ao adversário.

No último minuto do tempo regulamentar, os albicastrenses fecharam as contas. Dani Matos fez o primeiro golo da época e permitiu que a sua equipa vencesse a partida com um resultado mais confortável.

O Benfica e Castelo Branco, apesar do triunfo, continua na 4.ª posição, com 65 pontos, mantendo quatro de distância para o 2.º lugar, o que não o afasta, matematicamente, dos play-offs de subida.

Na última jornada do Campeonato, os pupilos de Sérgio Gaminha deslocam-se ao terreno do líder da Série, o União de Leiria.

FICHA DE JOGO

Estádio: Vale do Romeiro

Árbitro: Sérgio Guelho

BENFICA E CASTELO BRANCO: André Caio, André Cunha, Diogo Costa, Pedro Eira, Zézinho, Aílson, Dani Matos, Jordão (Dani Rodriguez 65’), Abdel (Caetano 75’), João Vasco (Pedro Almeida 87’)

Treinador: Sérgio Gaminha

Suplentes não utilizados: Gonçalo Nunes, Diogo Nunes, Ruben Machado, Sani

SANTA IRIA: Paulinho Correia, André Grilo, Denil Carreira (Maurício Figueiredo 45’), Hugo Ildefonso, Flávio Vilela (João Moreira 84’), Tiago Santos, Francisco Aguilar, Ivo Rosa (Bitó 70’), João Costa, Tomás Martins, Flecha

Treinador: André Tomaz

Suplentes não utilizados: João Louro, Bruno Santos, David Lourenço, Bruno Pais

GOLOS: Abdel (34’), Dani Matos (90’)

Disciplina: Francisco Aguilar (28’), Zézinho (38’), João Costa (58’), André Grilo (90’)



Última edição