Presidente da Câmara de Penamacor de “consciência tranquila” após acusação por viagem à Turquia
Penamacor
2019-09-25 10:28:52
Povo da Beira

O presidente da Câmara de Penamacor afirmou que está de "consciência tranquila" e que continua a ter condições para exercer o cargo, apesar de ter sido acusado no processo da viagem à Turquia que foi paga por uma empresa.

"Como se costuma dizer, quando a gente tem a consciência tranquila, porque é que não está tranquilo no sítio onde está?", referiu António Luís Beites (PS) no final da sessão pública do executivo e em resposta à pergunta dos jornalistas sobre se continuava a ter condições políticas para se manter no cargo.

António Luís Beites e Manuel Joaquim Robalo, respetivamente presidente e vice-presidente da Câmara de Penamacor, foram acusados pelo Ministério Público (MP) do alegado "recebimento indevido de vantagem" por terem participado numa viagem à Turquia que foi paga totalmente paga por uma empresa.

Pode ler a notícia comple na edição impressa do POVO da BEIRA.



Última edição