Corrida Comendador Joaquim Mourão quer atingir os mil inscritos
Desporto
2019-10-09 10:29:52
Povo da Beira

A VII Corrida Comendador Joaquim Mourão vai realizar-se no dia 13 de outubro, domingo, em Castelo Branco, tendo como objetivo chegar perto dos mil inscritos.

“Temos a expectativa de chegar perto dos mil inscritos, sabendo que a corrida, este ano, coincide com a Feira da Lardosa. Esperamos que o número de participantes supere o último ano – 753 inscritos em 2018. O evento já tem data para o próximo ano, estando marcada para dia 9 de outubro de 2020”, explicou José Ribeiro, presidente do Núcleo do Sporting Clube de Portugal em Castelo Branco (NSCPCB).

A prova vai contar com uma corrida de dez quilómetros e uma caminhada de cinco quilómetros, sendo que só podem participar atletas juniores e seniores masculinos e femininos.

Haverá uma classificação individual e uma coletiva, com os três primeiros de cada escalão a receber um troféu, individual e por equipas.

As inscrições estão abertas até dia 11 de outubro, sexta-feira, na Associação de Atletismo de Castelo Branco.

José Ribeiro, que falava durante a apresentação da competição na Câmara Municipal de Castelo Branco, realçou que o ano passado decidiu cobrar um euro de inscrição para reverter para uma instituição.

Este ano, as instituições escolhidas são a Casa da Infância e Juventude em Castelo Branco e Delegação de Castelo Branco da Cruz Vermelha. As mesmas têm como missão apoiar pessoas e crianças desfavorecidas que precisam do apoio dos cidadãos albicastrenses e das empresas locais.

“Até há dois anos as inscrições eram gratuitas, mas o ano passado decidimos fazer a inscrição de um euro para reverter a favor de uma instituição. Este ano decidimos apostar em duas instituições locais e faz todo o sentido, porque os atletas são preferencialmente da cidade e faz todo o sentido que sejam estas duas instituições”, apelam ainda à participação e reforçando a oferta de uma t-shirt aos inscritos.

O evento, que terá a organização do NSCPCB e o apoio da Câmara Municipal de Castelo Branco, tem um orçamento de cerca de nove mil euros e a parte técnica da competição estará a cargo da Associação de Atletismo de Castelo Branco.

José Augusto Alves, vice-presidente da autarquia albicastrense, destaca a prova como “uma marca no calendário desportivo da cidade e da região” e realça o lado solidário da mesma.

“[A inscrição reverter para duas instituições locais] É uma excelente iniciativa e é o espírito colaborativo que existe nas nossas associações”, reforçou.

João Coelho, presidente a Associação de Atletismo de Castelo Branco, acredita numa boa prova e deseja que o tempo também ajude.

“Acredito que vamos ter uma boa prova e espero que se consiga ultrapassar o número de inscritos do ano passado”, afirmou.

Os dorsais podem ser levantados a partir de sábado à tarde, dia 12, na sede do Núcleo do Sporting Clube de Portugal em Castelo Branco.



Última edição