ITSector abre centro em Castelo Branco e quer chegar aos 50 colaboradores em 2020
Castelo Branco
2019-11-07 11:11:06
Povo da Beira

A ITSector, tecnológica especializada no desenvolvimento de projetos para a transformação digital do setor financeiro, abriu no dia 6, as portas do seu 6º Centro de Desenvolvimento de Software em território nacional, localizado no CEI – Centro de Empresas Inovadoras de Castelo Branco.

Com este investimento, orçado em três milhões de euros até ao final de 2020, a tecnológica soma às unidades de que já dispõe no Porto (sede), Lisboa, Braga, Aveiro e Bragança, mais um espaço dedicado ao desenvolvimento de projetos em regime de nearshore para o setor financeiro, estando a decorrer uma ação de recrutamento com vista a alcançar, até final de 2019, os 17 colaboradores para operar a partir de Castelo Branco.

“Iniciamos a atividade em Castelo Branco, temos várias oportunidades de emprego a decorrer, pois queremos rapidamente chegar aos 17 colaboradores ainda em 2019. Procuramos formar uma equipa especialista em tecnologia de ponta, com grande enfoque no setor financeiro, em Inteligência Artificial e 5G. A perspetiva de crescimento do número de colaboradores em Castelo Branco vai continuar no próximo ano e é nosso objetivo atingir os 50 até final de 2020”, avança Renato Oliveira, presidente do Grupo ITSector.

O objetivo com a abertura do centro em Castelo Branco é “expandir a capacidade de captação em diferentes geografias nacionais, além dos grandes centros urbanos”.

“Vamos criar novas oportunidades de emprego qualificado para os profissionais da indústria de software que queiram desenvolver uma carreira na área tecnológica, na sua terra natal ou fazer uma opção face às habituais alternativas de localização nos grandes centros, assegurando uma maior qualidade de vida a um custo mais atrativo”, acrescenta o mesmo responsável.

No decorrer da cerimónia de inauguração do espaço, o Presidente do Grupo ITSector revelou ainda que a dinâmica de crescimento esperada para o Centro de Desenvolvimento de Castelo Branco “vai implicar o alargamento das instalações atuais para a captação de jovens de elevada qualificação académica”.

“A abertura deste Centro de Desenvolvimento em Castelo Branco é, naturalmente, um reflexo da estratégia que delineámos para prosseguir a expansão internacional da ITSector a partir de Portugal. Queremos repetir os casos de sucesso do Porto, Lisboa, Braga, Aveiro e Bragança para continuar a dar resposta às crescentes solicitações de clientes nacionais e internacionais", complementou Renato Oliveira.

Na cerimónia de inauguração do novo centro, o presidente do Instituto Politécnico de Castelo Branco, António Fernandes, deixou expressa a vontade de colaborar e responder aos desafios da empresa.

Este responsável adiantou ainda que atualmente a instituição tem 563 estudantes na área da informática e sublinhou que esta é uma área estratégica para o politécnico, que se encontra num processo de reestruturação organizacional de forma a ajustar-se aos novos desafios que se colocam.

Já o presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia, realçou a importância da presença da empresa na cidade.

“Trata-se de um momento muito importante e com grande significado para nós, sobretudo por aquilo que tem sido o nosso trabalho de captação de novas empresas para Castelo Branco”, disse.

O autarca sublinhou ainda que atualmente Castelo Branco é uma cidade moderna, com qualidade de vida e que oferece aos seus habitantes tudo aquilo que um grande centro urbano possui.

“Hoje somos uma cidade moderna, com muita cultura, espaços verdes e qualidade de vida. Isto também é importante para a tomada de decisão das empresas em se instalarem em Castelo Branco”, frisou.

Luís Correia sublinhou ainda a aposta que o município tem feito na área das novas tecnologias e do empreendedorismo, desde logo com a criação do CEI, bem como de outras infraestruturas ligadas à área da inovação e das novas tecnologias, além de outras áreas.

Atualmente, o Grupo ITSector conta com mais de 700 colaboradores, distribuídos pela Europa, África e América do Norte e com um volume de negócios superior a 34 milhões de euros em 2019.

Fundada no Porto em 2005, a ITSector é uma empresa 100% portuguesa e tem sido um parceiro na transformação digital de instituições financeiras em mais de 20 países.



Última edição