Idanha-a-Velha e Monsanto integram Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal
Idanha-a-Nova
2019-11-07 11:11:33
Povo da Beira

Idanha-a-Velha e Monsanto, duas aldeias do concelho de Idanha-a-Nova, fazem parte da rede de 12 destinos da Grande Rota das Aldeias Históricas de Portugal (GR22), que acaba de ser reconhecida como uma das melhores da Europa.

A GR22 tem mais de 600 quilómetros de extensão e liga as 12 Aldeias Históricas de Portugal, num percurso circular que envolve alguns dos mais belos parques naturais e territórios culturais e criativos de Portugal, atravessando as terras de Idanha e suas três classificações UNESCO: Geoparque Mundial, Reserva da Biosfera e Cidade Criativa da Música.

A Rede das Aldeias Históricas de Portugal, promotora da GR22, anuncia que esta rota recebeu o selo ‘Leading Quality Trails — Best of Europe’, em Châtenois, França, atribuído pela Associação Europeia de Caminhada (European Ramblers Association).

Consequentemente, Portugal passa a ter a maior rota europeia para caminhadas com o selo que certifica os melhores destinos de caminhada na Europa, através de critérios como a sustentabilidade, o nível de experiência proporcionado ao utilizador, a qualidade do seu traçado e a sua riqueza cultural e natural.

Para a autarquia, a atribuição deste selo por parte da Associação Europeia de Caminhada “é o reconhecimento da extensa oferta em história, cultura, património e natureza da GR22, que tem em Monsanto e Idanha-a-Velha dois destinos incontornáveis, bem como do trabalho realizado ao nível da qualificação turística das 12 Aldeias Históricas de Portugal”.



Última edição