Autarca quer manter Escola Superior de Gestão a funcionar em Idanha-a-Nova
Idanha-a-Nova
2019-11-29 11:12:42
Povo da Beira

O presidente da Câmara de Idanha-a-Nova afirmou que, no âmbito da reestruturação organizacional do Politécnico de Castelo Branco, quer manter a Escola Superior de Gestão (ESGIN) a funcionar em Idanha-a-Nova.

"No próximo conselho geral do IPCB [no dia 02 de dezembro], sobre o tema da reorganização interna, sugerimos que seja adotado o cenário em que se mantenha a ESGIN, com sede em Idanha-a-Nova, com autonomia administrativa, científica e pedagógica com todas as suas competências atuais, cumprindo assim o desígnio com que foi criada há 28 anos", afirmou Armindo Jacinto.

O autarca falava durante as comemorações do 28º aniversário da Escola Superior de Gestão de Idanha-a-Nova (ESGIN), uma das seis escolas que integra o Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB).

"Percebemos e entendemos a necessidade [do presidente do Politécnico] encontrar soluções para o futuro do IPCB e das suas unidades orgânicas. Sabemos que no momento atual da gestão corrente do IPCB é necessário encontrar essas soluções de reorganização, para tornar este instituto de ensino superior forte e competitivo a nível nacional e internacional, com custos de funcionamento sustentáveis", sublinhou.

Leia a notícia completa na próxima edição impressa do jornal POVO da BEIRA.



Última edição